Sobre Nós


Sede LBP

Assumimo-nos como um projecto informativo no âmbito da protecção e socorro, promovido pela Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP). Queremos transmitir informação rigorosa, isenta e credível, promovendo a instituição Bombeiros, no quadro institucional da LBP. Não estamos sujeitos a poderes políticos, económicas ou religiosos e respeitamos as diversas correntes de opinião. Não abdicamos de ter opinião, de tomar posição, de suscitar e promover o debate. Estes serão, no entanto, sempre claramente identificados como tal e jamais poderão confundir-se com a matéria informativa. Cumprimos a Lei de Imprensa e as orientações definidas neste Estatuto Editorial e pela sua Direcção. Não somos responsáveis pelas opiniões expressas nos artigos de opinião, sendo os seus autores responsáveis pelo conteúdo publicado.
Fundado em 1982, o jornal Bombeiros de Portugal (BP) é, na atualidade, o principal veículo de comunicação do setor, que privilegia não apenas as atividades das associações humanitárias, corpos de bombeiros voluntários, mas também da confederação que representa, garantido o tratamento e acompanhamento de todos os temas que aos bombeiros importam.
O BP, agora em versão digital, ganhou nova imagem, reprogramou objetivos, obrigando-se, todos os dias – mesmo em tempos de pandemia – a fazer mais e melhor, a dar um passo em frente, respeitando com seriedade os ritmos de um setor, a todos os níveis, em constante mudança.
Estamos na Internet acrescentando atualidade e o acompanhamento ao minuto de todas as matérias que fazem "mover" o universo Bombeiros. Este sítio seguro – no endereço www.bombeirosdeportugal.pt – sofreu alterações profundas, apresentando-se, agora, formatado às exigências dos dias que correm.
Ainda a "cheirar a novo" este espaço, tem ainda espaço para crescer e evoluir, mas já regista substancial acréscimo de visitantes, traduzido num elevado número de visualizações com significativos picos de audiência que coincidem com a disponibilização, das edições mensais. Neste esforço de comunicar, o BP está, igualmente, acessível na aplicação da Liga dos Bombeiros Portuguesa para smartphone, disponível gratuitamente (IOS e Android).
Nos últimos anos, uma pequena, mas dinâmica equipa cruzou o País centenas de vezes. Esteve em todos 18 distritos de Portugal continental e não descurou as regiões autónomas, com o propósito único de dar a conhecer o trabalho de centenas de instituições. Estas deslocações cifram-se em centenas de horas no asfalto e milhares de quilómetros vencidos, mas nem exigência demove ou esmorece um grupo coeso e comprometido com a causa, em prontidão para dar a merecida visibilidade ao trabalho das mulheres e dos homens que escolheram servir o País.
Nesse sentido, merecem destaque neste espaço informativo as preocupações, revindicações e aspirações do setor e por isso estamos no litoral, detemo-nos no interior, onde as dificuldades sentidas são ampliadas pela lupa do isolamento que, mesmo num território de reduzidas dimensões, continua a empurrar gente, costumes e tradições para os grandes centros urbanos e roubar voluntários aos quartéis.
A disponibilidade dos voluntários, não a vontade de o ser, é cada vez mais diminuta para assumir tão exigente desafio, que os corpos de bombeiros, as associações humanitárias e muitos casos pelos municípios vão vencendo, permitindo-nos nestas colunas dar conhecer a vitalidade das instituições, assegurada por operacionais e dirigentes de todas as idades, profissões e condições sociais, unidos pela firme e nobre determinação de servir com, resiliência e profissionalismo, as populações às quais disponibilizam os meios e equipamentos para responder com eficácia nos mais distintos teatros de operações, todos os dias, 24 horas por dia.
Embora exista ainda muita estrada para andar, certo é que, sempre que a atualidade e a importância do acontecimento o justifiquem o BP lá estará, a Norte ou Sul, aqui bem perto ou num lugar mais recôndito do território nacional, para dar boa nota e fazer jus ao trabalho da associações humanitárias e corpos de bombeiros.