Outros Destaques


VILA VIÇOSA

Associação assinala 84.º aniversário

VILA VIÇOSA-Associação assinala 84.º aniversário

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Viçosa assinalou, no dia 27 de junho, o 84.º aniversário, com um programa, necessariamente contido devido à pandemia, mas pleno de significado e que teve com momentos maiores a distinção de bombeiros e dirigentes e a inauguração e bênção de duas novas ambulâncias.
Associaram-se às celebrações, entre outras entidades, Luís Nascimento, vice-presidente da autarquia calipolense, Carlos Bucha, em representação da Liga dos Bombeiros Portugueses e a Comandante Distrital de Operações de Socorro, Maria João Rosado, tendo como anfitriões o presidente da assembleia geral da associação, Carlos Elias, o presidente da direção, Inácio Esperança, o comandante do corpo de bombeiros, Nuno Pinheiro.
Na sessão solene, os vários oradores destacaram o esforço e a entrega das mulheres e dos homens que servem neste quartel do distrito de Évora e cujo profissionalismo, mas também a prontidão foram - são e serão - testados à exaustão, sobretudo, no duro combate ao covid-19.
Depois de sublinhar "a atividade exemplar" deste corpo de bombeiros, Luís Nascimento, aproveitou a ocasião para tornar pública a disponibilidade da autarquia para "contratualizar uma nova equipa de intervenção permanente (EIP)", logo que "seja aberto um novo aviso para se poder concorrer".
Os festejos ficaram, igualmente, marcados pela atribuição de um louvor aos operacionais que têm vivido "tempos muito difíceis" e enfrentado "condições muito complicadas", sem "nunca virar a cara à luta" o que lhes exigiu "disponibilidade 24 sobre 24 horas durante semanas" e os obrigou, até, a estar afastados dos seus familiares.
Em dia de aniversário, o corpo de bombeiros foi presenteado com duas novas ambulâncias de socorro uma doada pelo Município de Vila Viçosa e outra de transporte de doentes pelo benemérito José Carrasco. Num esforço de modernização do parque de viaturas, o comandante identificou como necessidade um novo veiculo de combate a incêndios urbanos, para substituir um outro "já com muitos anos", mas esse é um investimento que carece de apoios, de fundos externos, e, certamente, do apoio da autarquia.
Para além das medalhas de Assiduidade nos graus cobre prata e ouro, foram ainda distinguidos com crachá de Cidadania e Mérito da Liga dos Bombeiros Portugueses, o bombeiro de 2.ª José António Manteigas Alves e com crachá de Ouro, o bombeiro de 1.ª do quadro de honra (QH) Joaquim Alpalhão Palma e o associado e benemérito José António Carrasco. O 2.º comandante Paulo Jorge Alves, o subchefe Carlos Dias, os bombeiros de 2.ª Alexandre Pinheiro e Luís Godinho foram agraciados com a medalha de Dedicação pelos 25 anos de serviço prestado. Da mesma forma, receberam a medalha dourada que certifica 20 de entrega à causa o presidente da direção Inácio Esperança e o vice-presidente Artur Bravo Carapinha. A medalha de cobre pelos cinco anos de ligação à associação foi entregue à tesoureira Anabela Consolado.
Sofia Ribeiro com Hugo Calado e Joana Cardoso (ODigital.pt)

Sofia Ribeiro
30.06.2021 | 14h31