Outros Destaques


BARREIRO

Desfile e distinções marcam dia municipal

BARREIRO-Desfile e distinções marcam dia municipal

Este ano, tal como no anterior, no Barreiro, as comemorações do Dia Municipal do Bombeiro tiveram, mais uma, um "formato reduzido", pois em tempo de pandemia, não seria possível comemorar, como era "devido e merecido", conforme assinalou o presidente do município, Frederico Rosa. Depois do tradicional hastear das bandeiras nos quartéis dos Bombeiros Voluntários Sul e Sueste e dos Bombeiros Voluntários do Barreiro – Corpo de Salvação Pública realizou-se a sessão solene, na qual foram entregues medalhas de Bons Serviços e Dedicação.
Assim, e à semelhança do que aconteceu em 2020, a efeméride que se assinala a 30 de maio, um desfile motorizado das forças por todo o concelho constitui o ponto alto do programa, uma alternativa a festejos mais vistosos, mas que, segundo o edil, merece "uma grande adesão das pessoas e um carinho muito grande pelos bombeiros".
O comandante dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, Acácio Coelho, na ocasião agradeceu todo o "esforço e dedicação dos bombeiros". Salientou as dificuldades sentidas nos últimos dois anos em virtude da pandemia, mas reconheceu que os operacionais têm dado "uma resposta muito cabal, muito voluntária e muito responsável". No futuro, disse, estar confiante na capacidade de resposta do Barreiro e na grande responsabilidade ao nível da Proteção Civil.
Também, José Figueiredo, comandante dos Bombeiros Voluntários do Barreiro – Corpo de Salvação Pública, deixou palavras de agradecimento aos "homens e mulheres que merecem todo o respeito, pois põem em causa a própria vida em prol dos outros".
"Estes são indivíduos diferentes dos outros, pois têm uma capacidade extrema de não olhar para a sua família quando está em risco a vida de outras pessoas", frisou, desafiando Frederico Rosa a perpetuar a imagem e a missão destes bravos soldados num monumento de homenagem ao bombeiro.
Este ano, foram distinguidos, por 30 anos de entrega à causa, o 2.º comandante Rui Pedro Velho da Silva (Corpo de Salvação Pública); o chefe de seção Carlos Alberto Pereira (Corpo de Salvação Pública); o subchefe António Carlos Palma (Sul e Sueste) e o bombeiro de 1.ª Paulo Quintos (Sul e Sueste). Com a medalha de 20 anos foram igualmente agraciados o adjunto de comando Miguel Ângelo Luz Saldanha (Sul e Sueste) e os bombeiros de 1.ª Armindo Ezequiel Mendes e Maria Gabriela Alferes (Sul e Sueste). Receberam também medalhas (10 anos) os bombeiros de 2.ª , Bruno Miguel Amoêdo; Fernando Jorge Andrade; José Pedro das Neves Neto e Natalina Vitória Semedo (Sul e Sueste) ainda os bombeiros de 3.ª Ana Isabel Neto (Sul e Sueste); Carlota Contreiras (Salvação Pública); Joana Raquel Lourenço (Salvação Pública; Luis Filipe Santos Pereira (Corpo de Salvação Pública); Luis Filipe (Sul e Sueste); Luis Ricardo Santos Cruz (Sul e Sueste); Pedro Manuel (Salvação Pública); Sónia Filipa Furtado (Salvação Pública).
Após o merecido tributo aos soldados da paz, realizou-se o desfile que os barreirenses acompanharam da janela.

Sofia Ribeiro
01.06.2021 | 12h50