Grandes Destaques


CHIADO

Incêndio foi há 33 anos

PROGRAMA NACIONAL DE VACINAÇÃO-Fevereiro, mês dos bombeiros

Em 25 de agosto de 1988, há precisamente 33 anos, o coração da Baixa Pombalina de Lisboa foi assolado por um violento incêndio que viria a vitimar um bombeiro sapador, Joaquim Ramos, de 38 anos, e um morador de 77, Mário Vidal, a causar 50 feridos, na sua larga maioria bombeiros, e a destruição de 18 edifícios da zona do Chiado.
Do rescaldo do pavoroso incêndio ficou um balanço igualmente grave de dois mil desempregados, a oportunidade de reconstruir todos os edifícios à luz das regras da segurança e, também, assinalou um movimento muito importante de reequipamento dos bombeiros em geral e, em particular, do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa. Essa renovação teve a ver com a adoção de adequados equipamentos de proteção individual para os bombeiros e também com novas viaturas.
A memória do bombeiro sapador falecido no incêndio, bem como daqueles que nos deixaram, entretanto, leva-nos a exprimir um enorme tributo a todos eles. A cidade foi salva por eles e por mais ninguém.

Sofia Ribeiro
25.08.2021 | 12h07