Grandes Destaques


INCÊNDIOS RURAIS

Alerta prolongado

INCÊNDIOS RURAIS-Alerta prolongado

Face à previsão de continuação das condições meteorológicas que se traduzem num significativo risco de incêndio rural, os ministros da Defesa Nacional, da Administração Interna, do Ambiente e da Ação Climática e da Agricultura determinaram o prolongamento da Declaração da Situação de Alerta em 14 distritos do Continente até às 23h59 do dia 18 de agosto.
O Alerta que foi lançado para o período entre as 12h00 de 13 de agosto e as 23h59 de segunda estende-se, assim, até ao final desta quarta-feira nos distritos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu. Estes territórios estão abrangidos por um conjunto medidas preventivas e especiais de reação face ao risco de incêndio.
Não obstante os alertas, o atempado pré-posicionamento de meios nas áreas mais críticas e aposta na robustez do ataque inicial continua a lavrar um fogo de grandes dimensões em Castro Marim que, entretanto, já galgou fronteiras queimando mato e floresta nos concelhos vizinhos de Vila Real de Santo António e Tavira.
Esta manhã mais de 600 bombeiros 209 veículos e seis meios aéreos combatiam as chamas alimentadas pelo vento forte o que, por precaução, determinou a deslocação de mais de meia centena de pessoas suas casas.
Um bombeiro ficou ferido, mas já terá recebido alta hospitalar, nesta ocorrência que já contabiliza avultados danos materiais.

Sofia Ribeiro
17.08.2021 | 18h20