Grandes Destaques


PONSE

Patrícia Gaspar enaltece missão do dispositivo

PONSE-Patrícia Gaspar enaltece missão do dispositivo

Foi desativado, no final da passada semana, o dispositivo de proteção e socorro ao ponto mais alto do território nacional, com o registo de sucesso, conforme frisa a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, numa "mensagem de consideração por quem (…) dá o melhor si", neste caso os operacionais que integram esta brigada, criada no âmbito do Plano Operacional Nacional da Serra da Estrela (PONSE).
A governante considera que com "planeamento, esforço individual e coletivo, foi possível "manter os níveis de operacionalidade em todas as missões", não obstante a perigosidade deste teatro de operações, agudizada pelas adversas condições meteorológicas.
"Estou ciente de que a contingência da pandemia da covid-19 levou a uma realidade diferente que obrigou a repensar a forma de trabalhar e a organização a que estávamos habituados", assinala Patrícia Gaspar que reconhece, igualmente que nem sempre é possível "garantir as condições" às dezenas de operacionais que integram o dispositivo, reafirmando, contudo, "o compromisso em continuar a trabalhar com o firme propósito de construir um sistema de proteção civil cada vez mais moderno, robusto e sustentado, no qual o papel de cada um de vós seja reconhecido e valorizado".
Integram este dispositivo elementos dos corpos de bombeiros voluntários da Covilhã, Loriga, São Romão, Gouveia, Seia e Manteigas, e, também, o Grupo de Resgate em Montanha da Força Especial de Proteção Civil (FEPC) da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), a Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS) da Guarda Nacional Republicana (GNR), o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e ainda por outros meios qualificados para responder a ocorrências numa época que aumenta o afluxo de visitantes à Serra da Estrela.
A todos estas mulheres e estes homens, Patrícia Gaspar deixa um "muito obrigada pela dedicação, pelo profissionalismo e por manterem o ânimo, mesmo nos momentos mais difíceis".
As características naturais deste território conferem-lhe o estatuto de ponto turístico de maior relevo de Portugal Continental, sobretudo quando a neve 'pinta' de branco a serra. Este aumento de visitas, mesmo em tempo de pandemia, levou a ANEPC "a planear e operacionalizar, anualmente, um dispositivo conjunto específico para assegurar uma resposta eficiente e eficaz no âmbito da proteção e socorro".
A ativação do dispositivo implica a criação uma unidade de comando e controlo de prevenção e resposta e um elevado nível de preparação das diversas forças que assumem esta missão.

Sofia Ribeiro
13.04.2021 | 15h39