Grandes Destaques


SIRESP

LBP lamenta decisões tardias

SIRESP-LBP lamenta decisões tardias

O presidente da Liga de Bombeiros Portugueses, comandante Jaime Marta Soares, referindo-se à situação vivida com o SIRESP advertiu que “há situações que não se compadecem com decisões tardias”.
O presidente da LBP esteve reunido com Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice, numa reunião em que o tema central foi o SIRESP e da qual disse sair com “preocupações redobradas”.
O comandante Jaime Soares manifestou a sua preocupação sobre o estado das negociações em torno da rede SIRESP, já que, segundo percebeu, "está na estaca zero". "Há tempos perguntei ao governo qual era a situação sobre o SIRESP e fiquei a saber a mesma coisa e então decidi pedir uma audiência para fazer um ponto de situação, porque estou preocupado", justificou o presidente da LBP.
"Os bombeiros têm como ferramenta fundamental para o exercício das suas atividades as comunicações e as comunicações com base no SIRESP. Sabemos que o passado foi nebuloso, perigoso e não queremos que se repita. E para que isso não aconteça precisamos e ter uma ferramenta adequada de comunicações", disse.
Reconhecendo que a rede SIRESP "melhorou substancialmente" nos últimos dois anos, o comandante Jaime Marta Soares alertou que "há situações que não se compadecem com decisões tardias". "A Altice está disponível para as negociações a qualquer momento, fez propostas, só que não há uma decisão [por parte do Governo]", disse. Jaime Marta Soares acrescentou que a informação que tem até ao momento é de que o SIRESP termina a 30 de junho e questiona: "e depois, há um apagão?".

Sofia Ribeiro
05.05.2021 | 16h20