Grandes Destaques


INCÊNDIOS RURAIS

Dispositivo mais musculado

INCÊNDIOS RURAIS-Dispositivo mais musculado

Subiu para o “nível III” o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) para 2021. Assim até 30 de junhos vão estar no terreno mais 9.679 operacionais, num total de 2.230 equipas, apoiados por 2.223 viaturas e 60 meios aéreos.
Integram este contingente 4.266 bombeiros voluntários, 240 elementos da Força Especial de Proteção Civil, cerca de dois mil sapadores florestais e 2.176 militares da Guarda Nacional Republicana (GNR).
No âmbito do DECIR está já, também, em funcionamento, desde o dia 7 de maio, a Rede Nacional de Postos de Vigia, composta por 77 pontos que permitem prevenir e detetar incêndios.
No cumprimento da Diretiva Operacional Nacional (DON), os meios colocados à disposição do DECIR são reforçados, hoje, pela segunda vez este ano. O dispositivo volta a ser reforçado a 1 de julho, na considerada “época” de incêndios, que coloca em prontidão 12.058 agentes de proteção civil, a grande maioria bombeiros, 2.795 equipas, 2.656 veículos e 60 meios aéreos. Segundo dados fornecidos pela a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), o DECIR, neste período mais exigente, conta com mais duas centenas de operacionais. Como novidade este ano, surge a Diretiva Integrada de Deteção e Vigilância de Incêndios Rurais, tutelada pela Guarda Nacional Republicana, é instrumento que, segundo a tutela, visa melhorar a coordenação entre entidades envolvidas na deteção e vigilância dos fogos.

Sofia Ribeiro
01.06.2021 | 11h15