Destaques


AGUALVA-CACÉM

Homenagens em festa de 90.º aniversário

  • EQUIPAS ESPECIALIZADAS-Cerca de meio milhar reforçam resposta
A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Agualva-Cacém prosseguiu o programa comemorativo do 90.º aniversário com promoções, condecorações e diversas homenagens, duas delas a título póstumo. O recém-falecido antigo comandante e presidente Luis Marcos Pereira da Silva foi um dos homenageados, com o descerramento da fotografia que doravante figurará na galeria dos antigos dirigentes. Luis Silva exerceu diversas funções na instituição, com destaque para o cargo de comandante, entre 1997 e 2002, e o de presidente da direção, entre 2008 e 2016.
O também falecido, prematuramente, comandante Luis Coelho foi igualmente homenageado pela associação com a medalha de serviços distintos grau ouro, recebida pela filha e pelos netos, todos bombeiros. A mesma distinção foi também atribuída ao vereador Domingos Quintas, presente na cerimónia, cujo papel como autarca e como dirigente associativo foi devidamente apresentado, quer como membro da direção, presidente do conselho fiscal, presidente da assembleia geral e membro do conselho geral.
Foram entregues cinco distinções especiais da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), com destaque para a atribuição do crachá de Cidadania e Mérito ao subchefe Vitor Simões, figura marcante pela longevidade e particular empenho no corpo de bombeiros e, igualmente, companheiro de trabalho na LBP há décadas.
O comandante Rosado Santos, o chefe Francisco Marinheiro e o subchefe José Vitor receberam a medalha de Dedicação e Altruísmo, testemunho de 30 anos exemplares ao serviço da causa.
Uma benemérita, Dulce Luis Lisboa Canela Goni, que recentemente ofereceu uma ambulância de socorro, foi agraciada pela associação e pela LBP, neste caso com a medalha de serviços distintos grau ouro.
A instituição distinguiu ainda, com a medalha de reconhecimento, os chefes Luis Malveiro e Carlos Santos, e com a medalha de mérito, prata, o bombeiro Jorge Serra, o colaborador informático Carlos Aparício e o Grupo de Dadores de Sangue (com 40 anos) através do chefe Carlos Alves e da bombeira Ana Alves.
Foram também promovidos a bombeiro de 3ª os estagiários Pedro Duarte, Tiago Lopes e Fernando Nascimento.
A cerimónia evocativa do 90.º aniversário da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Agualva-Cacém foi presidida pelo vice-presidente da Câmara Municipal de Sintra, Bruno Parreira, na presença, do presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), brigadeiro-general Duarte Costa, do vice-presidente da LBP, Rama da Silva, do presidente da Federação de Bombeiros do Distrito de Lisboa, comandante António Carvalho, do segundo comandante distrital da ANEPC, Joaquim Santos, do vogal da direção da Escola Nacional de Bombeiros (ENB), Pedro Lopes, e dos antigos presidentes da LBP, José Manuel Lourenço Baptista e Duarte Caldeira, acolhidos pelos presidentes, da assembleia-geral da Associação, Graça Rodrigues, da direção, Luis Miguel Baptista, do conselho fiscal, Paula Simões, do comandante Francisco Rosado Santos, e outros membros dos órgãos sociais da instituição.

Sofia Ribeiro
30.11.2021 | 15h49