Destaques


CARNAXIDE

Perde a vida na A5 a prestar auxilio

  • CARNAXIDE-Perde a vida na A5 a prestar auxilio
Faleceu, vítima de um acidente brutal na A5, a bombeira dos Voluntários de Carnaxide, Catarina Pedro. A jovem de 31 anos deslocava-se, por volta das 21 horas da passada sexta-feira, na autoestrada que liga Cascais a Lisboa quando decidiu parar em auxílio de outros dois condutores que, depois de colidirem, se encontram parados na faixa central. Catarina Pedro foi apanhada por uma terceira viatura e morreu no local.
A vítima regressava a casa com os dois filhos depois de uma ida ao hospital da Estefânia onde o menino de 11 meses foi observado. Tomás e a irmã Constança, de quatro anos, encontravam-se no banco de trás e não sofreram ferimentos, apesar do carro ter sido arrastado para a berma devido ao forte embate.
O momento é de dor e consternação no quartel de Carnaxide, mais ainda para os bombeiros que nessa fatídica noite estiveram envolvidos nas operações de socorro e só no local perceberam que a única vítima mortal era afinal um dos seus mais queridos elementos.
A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) acompanha a situação desde o primeiro momento. O presidente da confederação, Jaime Marta Soares, para além de manifestar o mais profundo pesar "nome de todos os bombeiros portugueses", afirmou-se "estar disponível para apoiar a família e, em particular, os filhos de Catarina Pedro".
Também o presidente da República e o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, endereçaram as condolências à família, tendo Marcelo Rebelo de Sousa salientado que "Catarina Pedro não hesitou em ajudar o seu próximo, sendo um exemplo nacional de generosidade e altruísmo".

Sofia Ribeiro
05.07.2021 | 11h49