PUB

Capa do jornal "Bombeiros de Portugal"

Director: Rui Rama da Silva

quinta-feira,

02/04/2020

01:05

TORRES VEDRAS

Tudo a postos para o Carnaval

10/02/2020 17:18:28

Um chamativo ecrã interativo à entrada de Torres Vedras dá conta aos visitantes para o tempo que passa e para o que importa é que faltam apenas meia dúzia de dias para o Carnaval, a festa maior deste município da região Oeste.

Dezenas de milhar de foliões - os locais, mas, muitos visitantes - vivem com particular animação e alguns excessos três dias e outras tantas noites de “festa rija” que, na realidade, para os torrienses, já teve início logo após a festejos de ano novo.

Este que é um cartão de visita de Torres Vedras impõe um reforçado dispositivo de segurança, para que nada ofusque o brilho desta mega organização. Autarquia, polícia e bombeiros estão, pois, a postos para receber mais ume edição do Carnaval “mais português de Portugal”.

IMG_1067 (2).JPG

Em declarações ao jornal Bombeiros de Portugal, o comandante dos Voluntários de Torres de Vedras, Fernando Barão, confirma que operação está montada e conta com um reforço de seis equipas e seis ambulâncias para garantir o socorro aos foliões durante os desfiles diários, mas, também, nas longas noites, quando o número de ocorrências dispara.

Diz o povo que “a vida são dois dias, mas o Carnaval são três” e talvez isso possa justificar a intensidade e até a euforia, quase sempre, ébrias desta aclamação ao rei Momo.

“Durante estas noites chegam a andar pelas ruas da cidade mais de 50 mil pessoas” diz o comandante dos bombeiros, consciente do perigo que impõe às brigadas de socorro prontidão e profissionalismo. Para além dos elementos de serviço, Fernando Barão faz questão de sublinhar que muitos são os voluntários sempre disponíveis, para, em caso de necessidade, reforçarem o efetivo.

A título de curiosidade, no próximo sábado (dia 15), naquela que é já uma tradicional campanha de charme, o Rei e a Rainha a súbditas matrafonas de Torres Vedras invadem a capital para se exibirem em todo o seu esplendor, com exuberância e animação a rodos, convidando, assim, os lisboetas a participarem no Entrudo dos Entrudos.

PUB