PUB

Capa do jornal "Bombeiros de Portugal"

Director: Rui Rama da Silva

quinta-feira,

29/10/2020

01:08

COVID-19

LBP estabelece novas regras

19/09/2020 08:30:09

Em circular enviada às associações humanitárias e corpos de bombeiros, a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), no “cumprimento rigoroso das boas práticas e orientações emanadas da Direção Geral da Saúde (DGS)” informa que “só em condições excecionais” poderá continuar a assegurar a representação da confederação nos aniversários ou outros eventos promovidos por estas instituições.

Na nota, datada de 18 de setembro, subscrita por Jaime Marta Soares, pode ler-se:

A comemoração do aniversário de uma associação humanitária de bombeiros voluntários/corpo de bombeiros é sempre um marco importante da sua história. A ela estão sempre associados momentos relevantes, sejam inaugurações de instalações ou viaturas, celebração de datas e momentos especiais e muito importantes.

Trata-se, sem dúvida, de um momento alto, qual padrão quilométrico de uma estrada longa, sempre em construção e que se continua a percorrer continuamente, umas vezes mais depressa ou mais devagar, em função das circunstâncias.

O momento pandémico que estamos a viver chama-nos à razão relativamente a novas circunstâncias e contingências que implicam com a vida em sociedade e, em especial, com a operacionalidade dos nossos bombeiros.

A pandemia tem posto mais uma vez à prova os nossos bombeiros, com riscos acrescidos e novos procedimentos que eles têm sabido encarar e cumprir com a competência e o espírito de abnegação que todos lhes reconhecem.

A situação de contingência atual e os procedimentos que têm vindo a ser associados a uma nova vida em sociedade, mesmo que transitória, implicam e recomendam também novas posturas, mesmo quando da comemoração, inequivocamente importante, do aniversário associativo.

As atuais circunstâncias levam a que os dirigentes da LBP, pese embora o respeito que as associações/corpos de bombeiros lhes merecem, estejam a evitar a presença em comemorações aniversariantes. Entendem ser sua obrigação o cumprimento rigoroso das boas práticas e orientações emanadas da Direção Geral de Saúde (DGS) e, também, entendem ser sua obrigação continuar a cumprir o distanciamento social, essencialmente, por respeito e na defesa dos visitados.

Assim sendo, e estritamente pelas razões que aqui expomos, só em condições excecionais poderemos continuar a assegurar a representação da LBP nos aniversários das associações e corpos de bombeiros.

Assumem também um carater excecional outras iniciativas, nomeadamente da LBP.

Somos os primeiros a lamentar tais situações, mas como compreenderão, nesta fase deverá imperar, acima de tudo, o respeito mútuo e a defesa da saúde pública”.


PUB