PUB

Capa do jornal "Bombeiros de Portugal"

Director: Rui Rama da Silva

quinta-feira,

25/04/2019

23:06

EM MADRID

Bosch apresenta "sistema revolucionário"

15/01/2019 12:21:17


BOSCH.jpg


“Só um clique e fica tudo no seu lugar” é o claim para o novo “sistema revolucionário de substituição de acessórios” em rebarbadoras, sem porcas de aperto nem chaves. Basta inserir o disco no encaixe e um clique indica ao utilizador que o acessório está corretamente colocado e bloqueado de forma segura.

A apresentação desta novidade Bosch, no Centro Internacional de Fotografía y Cine, na Calle Gutenberg em Madrid, foi replicada, à mesma hora, noutros pontos do globo, nomeadamente em Munique, na BAU, a mais importante feira do setor da construção cívil, na Europa.


BOSCH_1.jpgEste simplificado sistema de encaixe, um segredo bem guardado do gigante alemão, estará disponível a partir de abril com a colocação no mercado, numa primeira fase, de dez mini rebarbadoras, em oito modelos com fio e outros dois sem fio, que cobrem todas as áreas de aplicação para os setores do metal e uma ampla oferta de soluções para betão, cerâmica e atividades de reabilitação e instalação.

A Bosch vai oferecer aos profissionais mais de 130 acessórios x-lock, incluindo uma ampla oferta de discos de corte para o processamento de metal, de pedra, betão ou ladrilhos. Para além disso, também estará disponível no mercado o disco de corte de carboneto "multi wheel" para madeira, madeira com pregos, materiais de construção de aglomerado, de plástico ou cartão gesso. Importa referir que os novos discos são compatíveis com as rebarbadoras de fixação standard e, assim sendo, conforme sublinha a marca, constituem, uma solução universal.

BOSCH_4.jpgNo caso concreto do setor dos bombeiros, esta pode ser “uma novidade particularmente interessante”, nomeadamente para as operações de resgate em estruturas colapsadas “uma vez que é ferramenta certa para diversos trabalhos e diferentes materiais”. O sistema x-lock acrescenta versatilidade a estas ferramentas que podem ser usadas desbastar, lixar e polir, também, para cortar, que é aliás uma das funcionalidades mais importantes. A Bosch sustenta, mesmo que as novas rebarbadoras podem ser uma mais valia em vários cenários ou até mesmo um “instrumento de trabalho imprescindível também para o trabalho dos bombeiros”.

“Na derrocada parcial de um edifício, e com vítimas para resgatar debaixo dos escombros, importa aos operacionais progredir rapidamente para salvar vidas o que implica, por exemplo, cortar ferro e as rebarbadoras da Bosch apresentam-se como uma solução eficiente a preço bastante inferior ao de uma serra sabre ou circular”.

BOSCH_2.jpgO sistema x-lock, segundo a Bosch, vem acrescentar rapidez e facilidade na substituição dos acessórios, pode marcar a diferença no salvamento mais eficaz das vítimas e fiabilidade porque a segurança é outra componente muito importante na missão dos bombeiros, porque com sistema x-lock, “é impossível que o disco fique mal colocado”.

Refira-se que a Bosch está em Portugal desde 1911, hoje com uma presença consolidada, exporta mais de 95 porcento da produção para mercados internacionais e tem vindo a alargar as atividades de investigação e desenvolvimento em hardware e software para diferentes áreas de negócio.

BOSCH_4.jpgDe olhos postos no futuro e focadas na inovação tecnológica, a Bosch Termotecnologia, em Aveiro, a Bosch Car Multimedia Portugal, em Braga, e a Bosch Security Systems – Sistemas de Segurança, em Ovar, desenvolvem e produzem soluções de água quente; sensores e multimédia automóvel; e sistemas de segurança e comunicação. A sede no país está em Lisboa, onde são realizadas atividades de vendas, marketing, contabilidade e comunicação, bem como serviços partilhados de recursos humanos e comunicação para o Grupo Bosch. Além disso, a empresa possui ainda um uma subsidiária da BSH Eletrodomésticos, em Lisboa.

Com cerca de 4800 colaboradores, o grupo é um dos maiores empregadores industriais do País, tendo gerado, em 2017, 1,5 mil milhões de euros em vendas internas.


BOSCH_5.jpg


PUB