PUB

Capa do jornal "Bombeiros de Portugal"

Director: Rui Rama da Silva

domingo,

19/01/2020

14:23

Gestos simples que fazem a diferença

27/12/2019 18:47:46

É chegado o período de todas as festas, a época da abastada solidariedade e da generosidade a rodos. Por estes dias todos parecem mais disponíveis para todos e mais sensíveis às causas. Embora não faça grande sentido existirem épocas altas dos valores que nos distinguem enquanto seres humanos, importa talvez olhar para o copo meio cheio, e sublimar este período do ano, quando existe maior predisposição para colaboráramos na construção de um mundo melhor, ainda que correndo o risco que dentro de dias, deglutida a 12.ª passa, no dealbar de um novo ano, desculpas, argumentos ou motivos vários, forcem o embargo de tão nobre empreitada.

PRIO.pngAinda assim, ficam votos de que estas semanas sirvam para sermos um pouco melhor, até porque fazer o bem não tem preço e ainda que possa envolver dinheiro este é investimento com rentabilidade assegurada.

A este propósito importa fazer público registo de gestos simples que, de facto, podem fazer toda a diferença. Como o da PRIO, empresa nacional que opera nas áreas da produção, distribuição e comercialização de combustíveis, que lançou, em época natalícia, um original e inspirador calendário do advento, substituindo os chocolates por mensagens, sugestões e orientações para cada um dos 23 dias dezembro que antecedem a noite de consoada. O dia 11 de dezembro escondia uma missão especial: “torna-te sócio de uma corporação de bombeiros”.

Não sendo possível avaliar se o desafio foi ou não aceite pelos clientes da gasolineira e muito menos quantificar o sucesso deste apelo importa, ainda assim, assinalar e saudar a iniciativa, até porque para grandes causas todos os contributos são válidos, mesmo os que, ao comum dos portugueses, se afiguram pequenos. Este apoio, quase simbólico, tem, na verdade, enorme importância para quem, a título voluntário, num exercício notável de cidadania ativa. gere as associações humanitárias e pesados cadernos de encargos nas quais se inscrevem os salários do pessoal, a aquisição de fardamento, equipamento de proteção individual para as mulheres e os homens que servem os quartéis e, ainda, dos meios e viaturas de socorro que apoiam os soldados da paz nas suas mais distintas missões.

Está, pois, de parabéns a Prio pela simplicidade da mensagem que esperamos passe e inspire ou alerte os portugueses para a importância do serviço prestado por estas instituições particulares que se substituem ao Estado na prestação de um serviço público.

Caberá, obviamente, nesta que será a ultima edição do ano, e, agora, apenas em formato digital, salientar o apoio da Calzedonia, do grupo Os Mosqueteiros ou da Eletrão que com campanhas distintas têm, nos últimos anos, promovido uma espécie de planos de reequipamento de recurso, enquanto a tutela continua a manter cativa a resposta que há muito o setor exige.

                                                                                            *

A equipa que, agora ao minuto, em www.bombeirosdeportugal.pt, acompanha o dia a dia do setor e a atividade das associações humanitárias e dos corpos bombeiros de Portugal deseja aos seguidores e leitores atentos, aos bombeiros e dirigentes associativos, colaboradores, anunciantes e parceiros do jornal Bombeiros de Portugal, um feliz Natal e deixa votos de prosperidade, saúde, alegria e paz para o novo ano.

Sofia Ribeiro

 

 

PUB